AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

A possível subida do salário mínimo

Em vésperas de eleições, o Executivo de Passos Coelho assume que é possível aumentar o salário mínimo ainda em finais de 2014. Pires de Lima ressalva que apesar de tudo o desemprego continua a ser uma das grandes preocupações do Governo.

A possível subida do salário mínimo
A proposta de aumento do salário mínimo está em cima da mesa

O Ministro da Economia, António Pires de Lima, avançou na passada semana que existem condições favoráveis para subir o salário mínimo ainda no final deste ano ou no início do próximo. 

Campanha eleitoral à vista?

A notícia chega numa altura em que já se comenta que os partidos entraram em campanha eleitoral. Com eleições quase à porta, o Executivo começa a deixar transparecer medidas positivas fruto dos indicadores favoráveis da economia. Pires de Lima falou na Comissão Parlamentar da Economia e Obras Públicas e sublinhou que é necessário “separar a questão sobre eventual incremento (do salário mínimo) do momento eleitoral das europeias, uma vez que temos hoje condições para conversar e, mais do que conversar, poder eventualmente chegar a um bom acordo para aumentar o salário mínimo no final de 2014 ou no princípio de 2015”.

No seu discurso, o Ministro da Economia lembrou ainda que “a troika vai sair de Portugal no dia 17 Maio e o desemprego em Portugal está a dar mostras de estar a cair”. Mesmo salientando as boas notícias, Pires de Lima reconhece que o desemprego é uma das maiores preocupações do Governo, uma vez que “15,3% de desemprego ainda é uma taxa muito alta”.

Valor atual

É importante relembrar que o salário mínimo está estabilizado em 485,00 euros desde 2011, sendo que agora a proposta propõe uma subida para os 500,00 euros.

Veja também: