Accionistas do BES podem perder até 100% do capital investido

Afinal, nem todos vão sair incólumes do caso BES. Segundo notícia avançada, os pequenos accionistas correm o risco de perder quase a totalidade do seu investimento. Saiba porquê.

Accionistas do BES podem perder até 100% do capital investido
Os pequenos accionistas têm motivos de preocupação com o caso BES
  • Perdas podem ir até aos 100% e dificilmente conseguiram ser recuperadas

Após o anúncio da divisão do Banco Espírito Santo em duas entidades distintas (o Novo Banco e o bad bank), muitas são as dúvidas que têm surgido nestes dois últimos dias. Apesar do Novo Banco garantir o dinheiro dos clientes e o funcionamento normal de todos os serviços que o BES já prestava, é notícia que afinal há quem vá ficar a perder com este caso e não é pouco.

Segundo avança o Jornal de Negócios, esta divisão vai penalizar e muito os pequenos accionistas do BES, uma vez que está previsto que os mesmos não consigam reaver a totalidade do valor investido no banco. Isto vai acontecer pelo facto destes pequenos accionistas terem transitado de forma automática para o designado bad bank, que ficará com os activos tóxicos. Mesmo sendo investidores, as projecções apontam para que estes pequenos accionistas não consigam recuperar o dinheiro que investiram no Banco Espírito Santo, uma vez que já não se encontram na “linha da frente” para conseguirem recuperar o valor investido.

Em declarações, o analista Carlos Peixoto revela que “assumindo que os detentores da dívida subordinada estão primeiro no processo de liquidação, o valor residual para os accionistas deve ser pequeno, se não for nenhum”, conclui.


Veja também: