Acesso à internet: smartphones concorrem com os computadores

Estudo mostra que embora os computadores liderem as preferências dos portugueses no acesso à internet, o smartphone tem vindo a ganhar, aos poucos, terreno.

Acesso à internet: smartphones concorrem com os computadores
PC, tablet, smartphone ou consolas para navegar na internet?

Trata-se de um estudo anual que tenciona analisar quais são os meios utilizados pela população portuguesa e os seus comportamentos no que diz respeito à utilização da internet.

Os dados recolhidos entre fevereiro e maio deste ano evidenciam que há uma grande probabilidade de o recurso a telemóveis para aceder à internet vir a constituir uma forte ameaça à atual liderança dos computadores (apenas com uma penetração de 58%), por enquanto preferidos pela maioria dos utilizadores.

Segundo a Marktest, se se manter a tendência de crescimento, é provável que os telemóveis passem a ser o meio de eleição dos cidadãos portugueses quanto ao acesso à internet. Na verdade, o computador teve fases mais promissoras, conforme registado entre os anos de 2012 e 2014, período durante o qual conquistou, em Portugal, cerca de 62% dos utilizadores.

No que respeita aos tablets, também com anos mais prósperos no passado, atualmente somente um em cada quatro portugueses admite usá-los para o acesso à internet, o que se traduz numa perda de 300 mil cibernautas, se comparado com os resultados do ano passado.

Por fim, a televisão apresenta também uma evolução positiva e continuada, apesar de ser mais discreta (7,2% navega na internet através deste aparelho); já as consolas conquistam uma pequena percentagem dos utilizadores portugueses (5%).

Veja também: