Altice abre novo call center e contrata 200 pessoas

Altice vai abrir, na Covilhã, o seu 13.º centro de apoio telefónico e adianta que ainda quer criar mais 4.000 empregos em call center em Portugal.

Altice abre novo call center e contrata 200 pessoas
150 dos postos de trabalho serão criados em 2018

Novamente em parceria com a Randstad, a Altice vai abrir mais um call center em Portugal. O 13.º centro de apoio telefónico da operadora vai ser implementado na Covilhã, no Parque de Ciência e Tecnologia da Covilhã (Parkubis) e é inaugurado já em fevereiro.

Num comunicado oficial, a Altice dá conta de que este novo contact center será “um equipamento novo e moderno, com open space para 128 postos de atendimento, ladeados por salas de formação, reunião e de convívio para os colaboradores”. No final do ano de 2018, o objetivo é empregar 150 pessoas no final do ano 2018 e chegar aos 200 funcionários no ano seguinte.

A Altice e a Randstad salientam que já criaram mais de 1.500 postos de trabalho no nosso país nos últimos dois anos e meio. Mas esta parceria pretende continuar a criar emprego em Portugal. Segundo o presidente executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, o objectivo passa por “criar 4.000 novos postos de trabalho em call centers“, ficando estes instalados em “zonas de baixa densidade populacional para procurar dar resposta à preocupação da desertificação”.

À Câmara da Covilhã coube investir na criação de condições logísticas e técnicas, cerca de 100 mil euros. Na Covilhã existe já um Data Center da Altice que emprega 200 pessoas.

O protocolo assinado prevê que estas duas empresas invistam 3.600 euros em formação por trabalhador e 75 mil euros em remunerações para cem pessoas. Ou seja, a média salarial expetável é de 750 euros por cada 100 postos de trabalho.

Ainda segundo o comunicado da Altice, das 1.500 pessoas em funções nos call centers da empresa, a maioria são mulheres, 78% são provenientes de situações de desemprego e 30% são licenciados.

Veja também: