Esta app vai ajudá-lo a poupar energia

Se houvesse uma app para poupar energia, mudava os seus hábitos e comportamentos energéticos? É a pergunta lançada pelo INESC TEC.

Esta app vai ajudá-lo a poupar energia
Projeto FEEdBACk é liderado por Portugal

Mudar comportamentos e promover boas práticas energéticas são prioridades nos nossos dias. O Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), lidera, por Portugal, um projeto europeu de desenvolvimento de uma nova plataforma para motivar os cidadãos a mudar comportamentos energéticos negativos. O produto final será uma aplicação móvel que ajudará a poupar energia.

O projeto, com o nome FEEdBACk, tem como objetivo o desenvolvimento de soluções ligadas à eficiência energética e funciona ao abrigo do programa Horizon 2020, parte da investigação e inovação da Comissão Europeia.

O INESC TEC tem, assim, um papel preponderante nesta investigação: é precisamente no edifício deste instituto, no Porto, que está instalada uma das três áreas de demonstração do projeto.

FEEdBACk: uma app para poupar energia

app para poupar energia

O responsável pelo projeto, e investigador sénior do Centro de Sistemas de Energia do INESC TEC, destaca que a interface desta aplicação móvel “será interativa e amigável, para motivar uma utilização mais eficiente da energia através de mensagens personalizadas e competição entre pares.

A ideia é que esta aplicação ajude a que sejam feitas pequenas alterações nos hábitos diários que, por sua vez, conduzam a poupanças energéticas e financeiras grandes”, tanto em casa como no trabalho e na escola.

Aplicações móveis e jogos são das plataformas mais eficazes e atrativas para passar mensagens importantes, como esta, no âmbito da eficiência energética. A app consistirá em jogos e questionários relacionadas com comportamentos diários debruçados sobre o consumo energético.

Existirá também a possibilidade de participar em jogos com outros utilizadores, comparar o seu desempenho energético e até partilhar esses resultados nas redes sociais.

Contudo, não vai ser só na aplicação que o projeto FEEdBACk se vai concentrar. Vão também ser promovidas atividades e campanhas de demonstração nas redes sociais e site do projeto, unindo os consumidores dos países que compõem o projeto, no sentido de realmente encorajar uma mudança de hábitos e promover a sensibilização para uma maior e melhor eficiência energética.

São oito as instituições que participam no desenvolvimento desta aplicação, de um total de sete países europeus (Portugal, Holanda, Suíça, Espanha, Reino Unido, Dinamarca e Alemanha), com o objetivo de promover, estimular e produzir mecanismos energéticos através de mudanças comportamentais.

O projeto vai decorrer até 2020, com um financiamento de 2.3 milhões de euros.

Veja também: