AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

As mulheres continuam a receber menos que os homens

As mulheres continuam a ser alvo de injustiças sociais. Em Portugal, os homens ainda ganham mais.

As mulheres continuam a receber menos que os homens
Homens ganham mais do que mulheres em quase todo o território nacional. Mas há excepções.

Depois de se ter assinalado o Dia Internacional da Mulher, muitas foram as abordagens ao tema ao longo das últimas semanas, mas é sobretudo importante ressalvar algumas das questões que ainda estão na ordem do dia. Uma delas é sem dúvida a questão salarial.

Segundo os últimos dados do Ministério da Segurança Social e Trabalho, os homens ainda ganham mais do que as mulheres por esse país fora. Os únicos concelhos que são exceção são:

  • Mértola;
  • Figueira de Castelo Rodrigo;
  • Alfândega da Fé;
  • Castanheira de Pêra.

Tirando estes quatro concelhos referidos, os dados do Ministério “disponíveis no sistema de geomarketing Sales Index da Marktest” indicam que em 2012 o concelho que mais se ressentia com as discrepâncias salariais era Alcochete. Ao que consta, “os homens levavam mais dinheiro para casa no final do mês (2.733 euros em média)” contra os 1.832 levados pelas mulheres. Feitas as contas, a diferença salarial rondava os 902 euros.

Mas estas situações, tanto em 2012 como agora, verificam-se um pouco por todo o país. Segundo notícia avançada, “a média nacional mostra que nos 308 concelhos nacionais, os homens tinham salários médios de 1.213 euros e as mulheres de 957 euros”.

São, de facto, dados que fazem pensar numa altura em que se continua a lutar pela igualdade entre géneros.


Veja também: