ASAE retira brinquedos perigosos do mercado

Depois de fiscalizar cerca de 200 lojas, a ASAE mandou retirar dois brinquedos perigosos do mercado.

ASAE retira brinquedos perigosos do mercado
Dois, por enquanto.

No passado mês de novembro, a autoridade da segurança alimentar e da fiscalização económica – também conhecida por ASAE – realizou uma fiscalização a cerca de 200 lojas. Após a operação, mandou retirar dois brinquedos perigosos do mercado.

A autoridade não revelou quais os motivos que levaram à retirada do mercado de dois brinquedos perigosos.

Dentro das 200 lojas fiscalizadas, foram instaurados 14 processos de contraordenação, onde  se destacam, como principais infrações, o incumprimento dos deveres dos distribuidores, violação dos requisitos de segurança, falta de marcação "CE" e violação das obrigações relativas aos avisos.

Em termos monetários, a ASAE apreendeu ainda mais de 700 brinquedos. No total, estes acabam por representar um valor de cerca de quatro mil euros.

Desde o início de 2016, já foram realizadas mais de 700 fiscalizações a operadores económicos. Para além disso, foram ainda instaurados 81 processos de contraordenação, tendo sido apreendidos cerca de 6700 brinquedos num valor total que ronda os 115 mil euros.

Nos últimos dois anos, foram apreendidos mais de dez mil brinquedos, registando-se, em 2016, um "aumento significativo" do número de ações de fiscalização realizadas.

Compreende-se assim a maior preocupação dos operadores em limitar a venda de brinquedos perigosos.


Veja também: