A Austrália está a proibir turistas de escalar o famoso Monte Uluru

A falta de respeito demonstrada pelos turistas levou a Austrália a restringir a escalada ao famoso monte Uluru.

A Austrália está a proibir turistas de escalar o famoso Monte Uluru
Descubra as razões

O Monte Uluru é o segundo maior monólito do mundo – só fica atrás do também australiano Monte Augustus – e uma das maiores atrações da Austrália. Situado no Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta, o monte sempre se assumiu como um excelente local para escalada mas esses dias parecem estar a chegar ao fim, por causa da falta de respeito por parte dos turistas.

O Monte Uluru é uma das maiores atrações do país

“É um local importantíssimo, não é um parque infantil ou de diversões como a Disney”, afirmou Sammy Wilson, presidente do Conselho de Administração do Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta, após o anúncio do veto realizado por aquele órgão à prática de escalada no Monte Uluru.

Uma decisão acolhida com grande agrado pela comunidade indígena Anangu. É que o Monte Uluru pode ser apenas uma atração para milhões de turistas de todo o mundo mas para a comunidade indígena é terreno sagrado.

A falta de respeito demonstrada pelos turistas perante o monumento levou o Conselho de Administração a proibir a escalada no Monte Uluru, uma interdição que se tornará definitiva a 26 de outubro de 2019.

Veja também: