Bankinter baixa drasticamente o spread

O Barclays agora é Bankinter mas há mais novidades para os clientes relacionadas com o valor do spread e as comissões bancárias.

Bankinter baixa drasticamente o spread
Um banco que aposta forte no crédito habitação.

Passou pouco mais de um mês desde que o Bankinter comprou o Barclays e iniciou a sua atividade no nosso país mas as mudanças já começaram. A mais significativa está relacionada com o spread mínimo no crédito habitação que o banco baixou para 1,25%. Para além disso, não cobra comissão mensal e oferece soluções de taxas fixas para a compra de casa, com soluções que podem ir dos dois aos trinta anos de prazo.

Em comunicado, o presidente  executivo da sucursal portuguesa do Bankinter, Carlos Brandão, esclarece que "A nova oferta posiciona o Bankinter como o banco com o ‘spread’ mínimo mais baixo no mercado nacional de crédito à habitação”. 

A verdade é que o Bankinter já tinha dado sinais que ia apostar no crédito habitação quando ajustam a sua taxa de juro para os mesmo valores do Deustche Bank, agora, ambos oferecem taxas de juro de 1,50%. Apesar disto, a taxa praticada em Portugal é ligeiramente mais alta dos 1,20% particados nos vizinhos espanhóis.
 
Carlos Brandão explica, em comunicado, a estratégia do banco: "A nova oferta no crédito à habitação tem como objectivo reforçar o posicionamento anunciado aquando da apresentação do Bankinter em Portugal: um banco que veio para investir e crescer, para apoiar as famílias portuguesas nos seus projectos. Daí termos lançado a oferta mais competitiva no crédito à habitação”.
 
A partir de hoje, dia 11 de maio, sai para as ruas uma campanha de publicidade em televisão, imprensa, rádio e 'outdoor', cuja mensagem é clara: “se o spread é melhor, a sua casa é melhor”.
 

Conheça o banco Bankinter

Nasceu de uma parceria entre o Santander e o Bank Of America que, em 2015, fez 50 anos, começou como Banco Intercontinental Espanhol mas em 1990 mudou para a designação atual. Neste momento, os principais acionistas não são os bancos fundadores mas continuam a marcar presença. 

Em 2014, o Bankinter anunciou que tinha alcançado o melhor resultado dos últimos 7 anos e isto foi reforçado com os bons resultados conseguidos nos testes de stress da banca europeia que  "colocaram o Bankinter como o melhor banco cotado em Espanha". Com a aquisição do Barclays, torna-se um dos grandes bancos espanhóis com presença no nosso país. Além de Portugal e Espanha está também no Luxemburgo.


Veja também: