Brasileiros abandonam Portugal

De acordo com a presidente da Associação Lusofonia Cultura e Cidadania, Nilzete Pacheco, o desemprego está a fazer com que os imigrantes brasileiros abandonem Portugal e retornem ao seu país.

Brasileiros abandonam Portugal

Tendo em conta a actual situação financeira portuguesa, muitos brasileiros consideram retornar ao seu país, por já não terem condições financeiras, devido ao flagelo do desemprego, além de condições psicólogas, para permanecer em Portugal. 

Segundo a presidente da Associação Lusofonia Cultura e Cidadania, Nilzete Pacheco, a grande parte dos brasileiros ainda tem dinheiro para regressar ou então conta com o apoio da família no Brasil. No entanto, outros precisam de apoio financeiro para voltar.

Esta associação é uma das que fez um acordo com Organização Internacional para as Migrações (OIM) para realizar a inscrição e a triagem de candidatos para o Programa de Retorno Voluntário (PRV).

Em parceria com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), e financiado pelo Fundo Europeu de Regresso (em 75%) e pelo Estado português (em 25%), o PRV financia a viagem de regresso do imigrante (o preço médio ronda os 900 euros) e atribui-lhe ainda 50 euros em dinheiro para despesas.

Existe uma contrapartida para este apoio, que é o facto do imigrante estar interdito durante 3 anos  de vir para Portugal. Caso o faça, terá que devolver o dinheiro que recebeu.

Têm vindo a aumentar estes pedidos, até porque se até há uns anos atrás, havia uma certa vergonha em pedir dinheiro à familia para voltar para o Brasil, agora já não se sente esse constrangimento tendo em conta o problema do desemprego que atravessamos.