Brisa aposta no carsharing com carros da BMW e Mini

A Brisa está a apostar no carsharing através da parceria com a plataforma DriveNow. Agora pode deixar o carro em casa e deslocar-se ao volante de um BMW ou Mini.

Brisa aposta no carsharing com carros da BMW e Mini
A plataforma DriveNow funciona através do smartphone

Até ao final do ano, a Brisa vai lançar uma solução de partilha de carros (carsharing) em Lisboa. Até aqui nenhuma surpresa, já existem outras empresas a fazer o mesmo. Mas o que realmente é uma novidade é que os carros que a Brisa vai disponibilizar são das marcas premium BMW e Mini. Para avançar com este projeto, a Brisa aposta no carsharing através de uma parceria com a DriveNow.

A empresa alemã DriveNow opera em 8 países, 12 cidades e tem mais de 925 mil clientes e uma frota de 5600 veículos. Esta empresa é detida pela BMW e pela Sixt em partes iguais. Através da parceria com a Brisa, Lisboa é a 13ª cidade onde a DriveNow vai passar a operar.

Brisa aposta no carsharing: como funciona o serviço

Para utilizar este serviço de carsharing, basta descarregar a aplicação para o smartphone, depois reservar, pagar e abrir o carro, já com todos os custos incluídos, tais como o combustível, seguros e o estacionamento. O aluguer destes veículos é pago ao minuto e os clientes podem deixar os automóveis em qualquer parte da cidade (modelo “free floating”).

“A Brisa está a posicionar-se não apenas como mero gestor de infraestruturas, mas também como operador de mobilidade”, disse Vasco de Mello, presidente do grupo Brisa, na apresentação do serviço.

Para já, ainda não se sabem detalhes, como os modelos para alugar ou os preços de aluguer, mas a Brisa já avançou que vai divulgar mais pormenores entre o final de agosto e o início de setembro.

No portal da DriveNow, o aluguer deste tipo de carro, em Milão (Itália) tem um custo mínimo de 31 cêntimos por minuto e uma tarifa extra de 5 euros nas viagens com início ou fim no aeroporto. Para a inscrição na plataforma, o custo é de 29 euros. O serviço está disponível 24 horas.

Esta já não é a primeira iniciativa do género da Brisa. A gestora de autoestradas em Portugal apresentou, recentemente, a Via Verde Boleias, uma plataforma online que permite a partilha de viagens. Este serviço vai permitir aos utilizadores partilhar a viagem de automóvel e, assim, diminuir os custos em portagens e combustível. O site e aplicação Via Verde Boleias estão ativos desde o passado dia 29 de junho.

Estas e outras iniciativas do género podem ajudar a diminuir o número de carros que entra todos os dias na capital. Atualmente, entram em Lisboa 370 mil automóveis por dia.

Veja também: