Calçado português: Exportações superam produção

O setor do calçado português está em alta, uma vez que já superou a exportação de mais de 100% da produção.

Calçado português: Exportações superam produção
Portugal já exporta mais calçado do que aquele que produz.

Segundo dados do World Footwear Yearbook, as exportações de calçado português já superam a produção nacional. Isto significa que até mesmo alguma da importação que é feita acaba por ser exportada para outros países.
 

Dados foram apresentados em Frankfurt

O relatório que analisa os grandes movimentos do setor do calçado em todo o mundo foi apresentado em Frankfurt e afirma que em Portugal as exportações já superam a produção. Em declarações à Lusa, João Maia, diretor executivo da Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), entidade responsável pelo anuário, explicou que “é preciso perceber que nos fluxos de exportação, muitas vezes, estão produtos que são importados. Nós, muitas vezes, importamos calçado que é reexportado e é muito fácil ter mais de 100% nas exportações. Se olharmos para países como Hong Kong, Bélgica ou Panamá, nenhum deles produz quase sapatos nenhuns e são exportadores relevantes".

No relatório pode ainda ler-se que "Portugal exporta tudo o que produz (101%), enquanto Itália (109%) e Espanha (150%) exportam mais do que fabricam".

Já em termos de produção, Portugal ocupa a 18ª posição na lista de maiores produtores mundiais, no que diz respeito à quantidade. No que diz respeito ao valor das exportações, Portugal ocupa agora o 13º lugar. Comparado com os números de 2014, o setor nacional acabou por cair uma posição em ambas as listas.


Veja também:

Continuar a Ler