Campanha sensibiliza para perigos dos mergulhos

A campanha foi lançada pela Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral (SPPCV) e quer alertar os jovens para os perigos dos mergulhos.

Campanha sensibiliza para perigos dos mergulhos
Jovens são o público-alvo desta campanha de sensibilização

Sabia que 9% das lesões na coluna são feitas em ambiente aquático? E sabia que quase 60% dessas lesões afetam pessoas com menos de 35 anos? Assim, é fácil de perceber o porquê desta campanha de sensibilização…

Há mergulhos e mergulhos

O cartaz da campanha diz “Há saltos que podem mudar a tua vida. E não é para melhor. “ Com esta iniciativa queremos sensibilizar os mais novos para os riscos que correm quando dão mergulhos, tanto nas piscinas como nas praias, em águas pouco profundas”, explica o presidente da SPPCV, Manuel Tavares de Matos, em comunicado.

mergulho

“As lesões da coluna na sequência de acidentes de mergulho são potencialmente graves e contribuem para as taxas elevadas de incapacidade permanente. É por isso essencial o alerta e a sensibilização junto dos mais novos”, acrescenta.

Mas há números mais chocantes:

  • Mais de 60% das lesões feitas na água resultam de mergulhos
  • O surf provoca 19%O que fazer em caso de acidente durante um mergulho?

Comece por estar atento à dor no pescoço ou costas, mas também a náuseas, tonturas, fraquezas ou incapacidade de mexer as pernas ou os braços. “Formigueiro ou dormência nos membros e na área abaixo da lesão, estado de consciência alterado, dificuldades respiratórias, perda do controle da bexiga ou do intestino”, são razões para ligar imediatamente para o 112.

Veja também: