Carros autónomos começam a revolucionar mercado dos seguros

Especialistas afirmam que os carros autónomos podem revolucionar o mercado dos seguros. Desvalorização pode ir até aos 40%.

Carros autónomos começam a revolucionar mercado dos seguros
Uma grande notícia para os condutores?

Segundo alguns especialistas, os prémios de seguros automóveis podem sofrer uma desvalorização de quase 40% - até 2050 – por causa da progressiva utilização de carros autónomos. Uma notícia agradável para condutores e menos agradável para as seguradoras que vão sentido, aos poucos, necessidade de se reinventarem de forma a acompanharem a indústria automóvel.

Segundo os principais investigadores, os carros autónomos que dispensam a intervenção humana na locomoção podem ser uma realidade massificada até 2050. Uma revolução tecnológica com impactos incomensuráveis que pode revolucionar o mercado dos seguros. 

”A nossa indústria precisa de agir rapidamente para garantir que os nossos produtos acompanhem o novo paradigma”, reiterou Paul Mang, responsável pelo departamento analítico da Aon Plc, uma das maiores companhias de seguros do mundo.

Por outro lado, as companhias de seguros mantém a esperança de que os carros autónomos tragam novos desafios aos condutores e proprietários e abram novas linhas de negócio. É o que diz Stefan Schulz, responsável pela Munich Re, uma das maiores seguradoras do mundo. Ciente de que a “nova tecnologia pode melhorar muitas coisas”, a perspetiva é de que “também traga novos riscos, como ataques de hackers”.


Veja também: