Carros elétricos vão passar a pagar para abastecer

No primeiro semestre do próximo ano, os carros elétricos vão passar a pagar para abastecer.

Carros elétricos vão passar a pagar para abastecer
Acabou-se o que era doce!

Os carros elétricos vão passar a pagar para abastecer nos pontos de carregamento da via pública. O modelo gratuito em vigor, suportado na totalidade pelo Governo, deverá terminar até ao final do primeiro semestre de 2017, altura em que os pontos de abastecimento passarão a ser concessionados a privados, que irão cobrar pela eletricidade disponibilizada em cada carregamento.

Com as alterações previstas para o próximo ano, cada condutor passará a ter um contrato com um operador e um cartão de pagamento que lhe permite fazer carregamentos em qualquer posto de abastecimento. A conta da eletricidade consumida será descontada no final de cada mês.

José Mendes, secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, acredita que esta mudança só será desmotivadora para quem continuava a “encher o tanque” de forma gratuita, realçando que as viaturas elétricas continuarão a ser mais económicas que os veículos a gasolina ou gasóleo.

Recorde-se que a rede pública piloto começou a ser instalada em 2011 e possui, neste momento, cerca de 1100 postos espalhados por todo o país. Uma rede que se encontra a ser renovada e concessionada sendo que, os novos carregadores já foram contratados com vista à concessão. Nesta modernização e expansão da rede, o Estado deverá investir quase oito milhões de euros – 1,8 milhões para 50 postos de carregamento rápido e o restante para modernização da rede piloto e na colocação de 404 pontos de carregamento semirrápido.


Veja também: