Censos 2011: Cobranças indevidas

Existem empresas que estão a cobrar aos cidadãos o serviço de preenchimento de questionários do Censos, quando tal é um serviço gratuito a que todos os cidadãos têm direito. Existem balcões disponíveis para ajudar a preencher na íntegra os documentos.

Censos 2011: Cobranças indevidas

Apesar de existirem balcões específicos para o preenchimento gratuito dos questionários dos Censos 2011, a verdade é que algumas empresas estão a cobrar aos cidadãos por esse serviço.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) recorda que a nível nacional, existem equipas que estão preparadas para ajudar no preenchimento integral dos formulários e de forma totalmente gratuita.

A mesma entidade relembra também que sempre que alguém tiver alguma dúvida deve dirigir-se a um recenseador oficial ou então a um balcão de atendimento dos Censos, que se encontra nas juntas de freguesia.

Se ainda não preencheu os seus documentos saiba que os Censos 2011 iniciaram a sua actividade a 7 de Março, altura em que os recenseadores foram distribuidos por todo o país. A partir de dia 21 de Março abriu o prazo para começar a responder aos questionários pelo canal Internet. Tenha em atenção os prazos de entrega dos formulários, que termina dia 10 de Abril para entregar pela Internet ou dia 24 de Abril para entregar em formato papel aos recenseadores.

Os resultados do XV Recenseamento Geral da População e V Recenseamento Geral da Habitação serão divulgados no final deste ano ou no início de 2012.
É obrigatória a participação nos Censos 2011, pelo que no caso de não preenchimento pode estar sujeito a uma coima de 3 mil euros.
Os resultados finais serão conhecidos apenas em Dezembro de 2012.