Chamadas que dão prémios na TV sob investigação

Os programas de televisão que utilizam chamadas de valor acrescentado levantaram algumas dúvidas e estão a ser agora investigados pela Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

Chamadas que dão prémios na TV sob investigação
Chamadas de valor acrescentado levantam dúvidas
  • Nem sempre os regulamentos são cumpridos, o que suscita dúvidas às entidades reguladoras.

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social anda em cima das chamadas de valor acrescentado. A notícia foi avançada ontem pelo Diário de Notícias e adianta que as chamadas de valor acrescentado para darem prémios utilizadas nos programas de televisão dos canais generalistas, estão sob investigação da ERC, uma vez que registaram queixas.


O que é uma chamada de valor acrescentado?

As chamadas de valor acrescentado são normalmente números que começam por 760 e que têm um valor base de 0,60 centimos + IVA, seja qual for a duração. Estas chamadas existem em programas de televisão de todos os canais generalistas. No entanto, Sabe-se agora que o nem todos os concursos dão prémios com estas chamadas e que alguns dos prémios não são em dinheiro.


Segundo a investigação do Diário de Notícias, os regulamentos destes programas contemplam que não exista nenhum vencedor. No entanto, a legislação não aceita que os prémios sejam em dinheiro, tendo de ser pago em géneros (carros, viagens, entre outros) ou ainda através de um cartão de crédito. Sabe-se ainda na notícia que “A Entidade Reguladora para Comunicação Social (ERC) informa que recebeu duas queixas relativamente a este tema, encontrando-se os processos em fase de instrução”.


Veja também: