Chef de roulote ganha estrela Michelin

Afinal, nem todos os chefs vencedores das afamadas estrelas Michelin trabalham em cozinhas sofisticadas: conheça o chef Chan Hon Meng.

Chef de roulote ganha estrela Michelin
O prestígio chegou à street food

Ao contrário do que estamos habituados, nem sempre as estrelas Michelin são atribuídas a chefs que trabalham em restaurantes sofisticados com pratos caríssimos.


Chef de street food arrecada estrela Michelin

Em Singapura, o chef distinguido com este prémio gastronómico trabalha numa simples roulote, onde uma deliciosa refeição custa apenas 1,30€. Por isso, poderá ter de esperar horas para conseguir experimentar as produções do chef Chan Hon Meng.

Deste modo, a criação intitulada Hong Kong Soya Sauce Chicken Rice and Noodle tornou-se no prato mais barato a fazer parte da lista que distingue as melhores produções culinárias no mundo. Este prato de frango com arroz, noodles e molho de soja custa apenas 1,30€ e é servido numa roulote de street food em Singapura.

O chef Chan Hon Meng, cozinheiro há 35 anos, nem queria acreditar quando recebeu o telefonema do comité de Singapura a dar a novidade. O negócio, depois da distinção, está a aumentar: durante as cerca de 16 horas de trabalho diário, o chef serve agora cerca de 180 pratos, mais 30 do que antes. 

O chef Meng não sabia que os inspetores do Guia Michelin também avaliavam as produções destas roulotes de rua e, na verdade, a maior parte do público também não, até porque este tipo de local de restauração foi selecionado, em 2016, pela primeira vez.

Por isso, já sabe, se quer experimentar um prato distinguido com uma estrela Michelin pagando menos do que por um hambúrguer, "basta" ir a Singapura e esperar duas horas na fila pela sua vez. No final, verá que o mais importante é mesmo o que está no prato e não à sua volta. Neste caso, caro mesmo é só chegar até ao outro lado do mundo.

Veja também: