Chegou o Google Wallet!

Oficialmente lançado nos EUA, já com 300 mil pontos de venda preparados para este novo meio de pagamento, com o Google Wallet basta encostar o telemóvel smartphone a um terminal e introduzir o PIN, marcando assim o adeus à carteira, uma vez que já é possivel efectuar pagamentos através de telemóveis.

Chegou o Google Wallet!

Os smartphones e o sistema Android vieram revolucionar a utilidade dos telemóveis, uma vez que permitem o acesso a funções múltiplas, como gps, leitor de música, câmara de vídeo e fotográfica.

A Google surge agora com uma nova função - a de fazer pagamentos Multibanco com o telemóvel. A aplicação chama-se Google Wallet e para ter acesso basta fazer o download da aplicação, que agora numa fase incial permite o pagamento com Master Card do Citibank ou os cartões pré-pagos da Google, que podem ser carregados com qualquer cartão de crédito, para o caso de clientes de outros sistemas bancários sem acordos com o Google.

O funcionamento passa apenas por encostar o telemóvel a um dispositivo e introduzir o PIN. O sistema utilizado para estabelecer a ligação entre o telemóvel e o leitor é o de  NFC - Near Field Communications, ou comunicação de proximidade de campos, uma espécie de infravermelhos ou bluetooth que permite a transmissão de dados a curta distância.

Para já estamos a falar apenas de uma primeira versão, disponivel no terminal Nexus S4G, da empresa Sprint, que possui uma conta no Citibank e um cartão de crédito MasterCard.

De futuro, se o Google Wallet crescer será possível ainda incluir outras funcionalidades, como, por exemplo, acumular pontos, cartões de oferta, bilhetes de transportes e até chaves eletrónicas; além disso, a tecnologia será alargada ao Visa e American Express.

Para já, este novo meio de pagamento está a funcionar apenas nos EUA e já existem mais de 300 mil pontos de venda preparados para receber pagamentos com esta nova tecnologia. Está prevista a difusão desta nova tecnologia a outros países nos próximos meses. Veremos quando chegará a Portugal.