Comissões bancárias altas para os incumpridores

Desde o pedido de ajuda financeira que os bancos aumentaram o preçário no que toca às comissões bancárias cobradas aos clientes que falham nas prestações. Apesar dos limites impostos aos bancos no que toca a comissões nos contratos de crédito, as comissões no crédito habitação e as de incumprimento são as únicas em que os bancos o podem fazer, tendo assim, mais uma fonte de rendimentos.

Comissões bancárias altas para os incumpridores

Já não é novidade nenhuma o aumento de comissões por parte da banca. No entanto, ultimamente, as comissões referentes a crédito habitação, assim como as decorrentes do incumprimento, até de cartões de crédito, foram alvo de aumentos.

De acordo com Filipe Garcia, presidente da IMF - Informação de Mercados Financeiros, tal acontece pois estes são os únicos dois segmentos em que a banca pode aumentar as comissões. No fundo, para os bancos os clientes de crédito habitação são desinteressantes, além de não contribuirem muito para o financiamento da instituição. O mesmo se passa com os incumpridores, em que a solução passa por subir as comissões, de forma a ter uma fonte de rendimento.

Ainda no seguimento desta notícia, a "troika" vai analisar as contas e balanços dos maiores bancos portugueses, apresentando a sua conclusão final até ao fim de Novembro.

Os 8 maiores bancos portugueses vão ser alvo de auditoria por parte da troika, que irão analisar os créditos concedidos aos 50 maiores clientes dos bancos, de forma a perceber se os créditos e os riscos associados foram bem calculados pela Banca.

BES, BCP, BPI, Santander, Montepio, Crédito Agrícola, Banif e CGD serão os bancos analisados. Já os clientes serão as empresas públicas, grandes investidores e grupos económicos. Dependendo das conclusões, poderão haver aumentos de capital no sector financeiro.