Consegue adivinhar como está distribuída a riqueza mundial?

Segundo um estudo do Credit Suisse, menos de 1% da população do mundo inteiro tem mais de 45% da riqueza mundial.

Consegue adivinhar como está distribuída a riqueza mundial?
Menos de 1% tem mais de 45%.

De acordo com um estudo realizado pelo Credit Suisse, há 33 milhões de pessoas no mundo com mais de um milhão de dólares de património - número que reflete cerca de 0,7% da população mundial. Uma fatia que, em termos monetários, representa 45,6% da riqueza mundial.

Uma das conclusões do estudo é que a desigualdade continua a aumentar. "As nossas estimativas sugerem que a metade mais baixa da população global detenha coletivamente menos de 1% da riqueza mundial, enquanto os 10% adultos mais ricos detêm 89% de toda a riqueza, com o top 1% [os 1% mais ricos] a contar com metade dos ativos mundiais", analisou o Credit Suisse.

Os autores do estudo observaram ainda que "nos anos mais recentes, a desigualdade na riqueza mundial teve uma tendência de subida, motivada em parte pelo aumento da proporção dos ativos financeiros e pelo fortalecimento do dólar". Referem que "há sinais de que estes fatores subjacentes estão a diminuir, mas o impacto disso na desigualdade da riqueza ainda não é evidente".

Em Portugal, existem cerca de 54 mil pessoas com património acima de um milhão de dólares (cerca de 940 mil euros). Um número que revela um crescimento de mais de mil indivíduos entre 2015 e este ano.

De entre os mais 54 mil milionários que existem em Portugal, a grande maioria (48.752 pessoas) detém entre 1 e 5 milhões de dólares. Há ainda 3.462 indivíduos com 5 a 10 milhões de dólares e “apenas” três pessoas com uma riqueza acima de mil milhões de dólares (cerca de 940 milhões de euros) – três bilionários, portanto.

O Credit Suisse estima que o número de milionários em Portugal aumente 41% nos próximos 5 anos, ou seja, em 2021 o número deverá ascender a 76.324 pessoas.


Veja também: