Europarque recebe maior congresso português de veterinária

Tem uma ideia de negócio inovadora na área da veterinária? Candidate-a a um prémio no maior congresso português da especialidade.

Europarque recebe maior congresso português de veterinária
Evento decorre a 18 e 19 de fevereiro

Partilhar e discutir as novidades e boas práticas na área da veterinária será o objetivo de um grande evento que vai juntar, no Europarque de Santa Maria da Feira, o XIII Congresso Hospital Veterinário Montenegro e a VII edição do Congresso Enfermagem Veterinária.

Nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2017, estará aberto o debate em torno do tema “Patologias Cardio-respiratórias Sem Segredos”, com a presença de oradores de prestígio nacional e internacional, vindos dos Estados Unidos da América, Inglaterra, Suíça e Espanha.

“Todos os anos, procuramos desvendar os segredos de uma patologia que afete os nossos animais de companhia para que a classe veterinária possa rever casos e partilhar a evolução de técnicas de diagnóstico e de tratamento. Atendendo que os distúrbios respiratórios afetam muitos animais, é importante refletir sobre a possível sobrecarga cardíaca”, explica Luís Montenegro, diretor do Hospital Veterinário Montenegro e membro da organização do congresso.

“Abordagens à cavidade torácica e cirurgias dos pulmões”, “Colapso no cão - cardíaco ou não”, “Cardiomiopatias felinas: do exame físico à terapêutica” e “Atualização no maneio da bronquite felina/asma felina”, serão alguns dos temas a abordar.
Além das comunicações, posters e workshops, este ano há ainda o Prémio Startup Montenegro. Trata-se de “um concurso para empresas ou individuais que tenham uma ideia de negócio ligada à veterinária ainda em fase de desenvolvimento e pesquisa de mercado, espírito empreendedor e uma constante busca por um modelo de negócio inovador”.

A melhor comunicação oral vai receber um prémio de 750 euros e serão ainda premiados os melhores posters com 400 e 200 euros.

Mais uma vez este congresso da área veterinária vai apoiar uma causa solidária, entregando 25% do valor das entradas ao Programa Lince. Saiba mais aqui

Veja também: