Publicidade:

Facebook: dados de 63 mil portugueses expostos à Cambridge Analytica

Segundo o Facebook, a Cambridge Analytica pode ter tido acesso a dados de 63 mil portugueses. O uso indevido de dados afetou 87 milhões de utilizadores.

Facebook: dados de 63 mil portugueses expostos à Cambridge Analytica
Cambridge Analytica acedeu a dados de 87 milhões de utilizadores do Facebook

O Facebook revelou que a consultora Cambridge Analytica, contratada por Donald Trump para a obtenção de dados com o objetivo de favorecer a sua campanha, pode ter tido acesso a dados de cerca de 63 mil portugueses.

De acordo com fonte oficial da maior rede social do mundo, citada pela Lusa, os dados foram recolhidos através de uma app da Cambridge Analytica chamada “this is your digital life”.

Esta aplicação possibilitou o acesso aos dados do Facebook destes utilizadores e dos seus amigos, tendo sido descarregada por 15 pessoas. Cerca de 63 mil utilizadores portugueses podem ter ficado com os seus dados expostos. Este número pode incluir pessoas em Portugal que tenham amigos fora do país e que também tenham instalado a app “this is your digital life”.

“Realizámos a nossa própria análise interna para determinar o número de pessoas potencialmente visadas. Utilizámos uma metodologia expansiva – esta é a nossa melhor estimativa do número de pessoas que instalaram a ‘app’, bem como dos seus amigos cujos dados podem ter sido acedidos”, explicou o Facebook em comunicado.

Ao todo, cerca de 87 milhões de utilizadores do Facebook em todo o mundo poderão ter tido os seus dados expostos, sendo que a maioria são utilizadores dos EUA.

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, deu uma conferência telefónica a jornalistas de todo o mundo em que garantiu que a sua posição como líder da empresa não está a ser posta em causa, tendo assumido a responsabilidade pelo escândalo da utilização de dados relacionado com a Cambridge Analytica. “Não vou tentar culpar alguém. Na dúvida, se alguém é responsável, sou eu”, afirmou.

Veja também: