Desemprego em Portugal diminui

Os dados de desemprego em Portugal são calculados à luz de muitas variáveis. No entanto, em Julho assistiu-se à primeira diminuição dos números de desemprego em Portugal após muitos meses de crescimento.

 

Desemprego em Portugal diminui
Desemprego em Portugal recuou para os 16,5%
  • Desemprego em Portugal recua mas Bruxelas trava euforias

As notícias são boas. O desemprego em Portugal caiu pela primeira vez ao fim de seis trimestres de recessão e dez trimestres de desemprego crescente. 

Os últimos dados do Eurostat que saíram em Julho, assumem que o desemprego em Portugal caiu para os 16,5%.

 

Uma situação frágil

Embora os dados sejam animadores, as primeiras reacções de Bruxelas assumem que não se deve entrar em euforia, uma vez que a situação ainda é bastante frágil.

 

As novas políticas de emprego e as oportunidades de trabalho sazonais, poderão estar na origem desta pequena queda dos números do desemprego em Portugal. No entanto, o mesmo se tem verificado em países como a Espanha ou a Irlanda, cuja taxa de desemprego também tem vindo a diminuir.

 

 

Últimos dados de desemprego em Portugal

 

Segundo os dados do Eurostat, os números de desemprego em Portugal nos últimos meses não foram tão elevados como foi divulgado.

 

  • Abril - 17,3%
  • Maio - 17%
  • Junho – 16,7%
  • Julho – 16,5%

 

Apesar dos dados serem animadores, Portugal ainda tem um grande trabalho pela frente no que respeita à criação de postos de trabalho. Segundo estes novos números de desemprego, Portugal deixa de ser o terceiro país com a taxa de desemprego mais elevada. No entanto, continua muito acima da média europeia, uma vez que em Julho a taxa de desemprego na zona euro foi de 12,1%.

 

 

Leia também estes artigos:

» Certificados de aforro com novas regras.

» Como conseguir um empréstimo tendo problemas bancários?

» Calcular a taxa de esforço.