Desemprego preocupante entre os jovens

A taxa de desemprego situa-se em niveis históricos, chegando aos 14%, tendo aumentado significativamente entre os mais jovens, já que mais de um em cada três jovens está desempregado.

Desemprego preocupante entre os jovens

De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, são 156 mil jovens que se encontram desempregados, ou seja, mais de 35% dos nossos jovens encontra-se sem emprego.

O desemprego entre os mais jovens tem vindo a aumentar, se analisarmos os dados de 2011. A taxa estava nos 27% no segundo trimestre de 2011, subindo para 30% no terceiro. Já no último trimestre a subida foi ainda mais expressiva, chegando aos 35,4%.

O Governo já apresentou medidas para inverter esta tendência, sendo uma delas o programa "Estímulo 2012", que pretende criar 56 mil postos de trabalho dirigidos a desempregados com menos de 25 anos, com um orçamento estimado de 100 milhões de euros.

Outros países também são alvo das equipas de acção da Comissão Europeia de combate ao desemprego jovem, sendo Portugal o terceiro pior país, depois da Espanha com 49,6% e da Grécia com 46,6%.

Outra realidade paralela é que 2011 fechou com um balanço de 11 mil pessoas que perderam o direito ao subsidio de desemprego.

Os centros de emprego explicam estes dados com a falta de presença às convocatórias, o não cumprimento do dever de apresentação quinzenal ou a recusa de propostas de emprego ou de formação profissional.