Diretório online ajuda pais a escolherem maternidade para o parto

“Onde nascer” é a ferramenta nacional que reúne todos os hospitais e profissionais que realizam partos em Portugal.

Diretório online ajuda pais a escolherem maternidade para o parto
Objetivo é tornar os processos mais transparentes e regular a qualidade dos serviços

“Onde nascer” é o nome de um diretório online nacional com todos os hospitais e profissionais que realizam partos em Portugal e que pretende ajudar os casais a fazerem uma escolha informada do local onde vai nascer o filho.

O “Birth Advisor – Onde Nascer” foi criado pela Associação Portuguesa pela Defesa dos Direitos da Mulher na Gravidez e Parto (APDMGP) para avaliação dos serviços de assistência ao parto em Portugal, disse à agência Lusa a presidente da associação, Sandra do Vale.

“No diretório estão todas as maternidades públicas e privadas do país e todos os profissionais que exercem os partos domiciliares”, sendo que “os utilizadores podem dar a sua opinião sobre o serviço que tiveram nessa instituição”, explicou Sandra do Vale. O objetivo do projeto, disponível no portal BirthAdvisor, é tornar estes serviços “um pouco mais transparentes para as famílias poderem fazer escolhas devidamente informadas”, adiantou.

Os pais vão poder ver a avaliação das instituições de saúde

Além de consultar os dados, o utilizador pode deixar a sua avaliação e até sugerir instituições, equipas ou profissionais de saúde que não constem do diretório, que vai ser lançado oficialmente no encontro “Nascer em amor 2017”, promovido pela APDMGP e que decorrerá, no sábado, em Cascais.

As avaliações aos serviços são feitas a partir de uma lista de tópicos de caracterização, como se o hospital realiza partos na água, se tem bolas, se respeita o parto natural ou se é amigo da amamentação.

“Acreditamos que a reunião destas informações ajudará as famílias na sua tomada de decisão e estimulará as instituições, equipas e profissionais a prestarem um serviço de cada vez maior qualidade, contribuindo para melhores nascimentos”, sublinhou Sandra do vale.

Veja também: