PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

Doentes referenciados com prioridade nas urgências

Os doentes enviados para os hospitais através dos centros de saúde ou pela Linha Saúde 24 passam a ter prioridade dentro do mesmo grau de gravidade.

Doentes referenciados com prioridade nas urgências
O despacho foi publicado em abril mas entra em vigor em agosto.

Os hospitais do Sistema Nacional de Saúde passam a dar prioridade ao atendimentos dos doentes que tenham sido referenciados pelos centros de saúde ou pela Linha Saúde 24.
 

Prioridade nos hospitais

Segundo a Lusa, as pulseiras identificativas do grau de prioridade que são fornecidas na triagem e as vinhetas do utente estarão devidamente assinaladas no caso do paciente vir referenciado pelos centros de saúde ou pela Linha Saúde 24.

A ideia é investir numa melhor articulação entre os vários serviços de saúde – primários e hospitais. Por outro lado, acaba por se evitar que alguns doentes recorram às urgências dos hospitais por causa de situações que devem ser analisadas pelas equipas dos centros de saúde.

Mas as medidas não ficam por aí: o Orçamento de Estado para o ano de 2016 já tinha dispensado o pagamento de taxas moderadoras nas urgências hospitalares pelos doentes referenciados.

Esta prioridade nas urgências não impede uma nova avaliação da situação na triagem das urgências hospitalares por questões de segurança para o doente, já que a sua situação pode ter-se agravado durante o transporte.


Veja também: