Douro Azul é a melhor empresa de cruzeiros fluviais na Europa

A Douro Azul recebeu o prémio de Melhor Empresa de Cruzeiros Fluviais na Europa na edição europeia dos World Travel Awards. 
 

Douro Azul é a melhor empresa de cruzeiros fluviais na Europa
Já em 2014 a Douro Azul tinha recebido a distinção

A portuense Douro Azul foi eleita a Melhor Empresa de Cruzeiros Fluviais na Europa, na edição europeia dos World Travel Awards (WTA), os chamados óscares do turismo.

A distinção não é uma novidade para a empresa, esta é já a segunda vez que a empresa ganha esta categoria. A primeira ocorreu em 2014. Este ano, Portugal venceu 23 das 91 categorias dos Óscares do Turismo, resultado de uma votação que teve lugar entre 7 de março e 17 de julho, e que contou com a participação do público em geral e de profissionais do setor. 
 

Douro Azul: uma história de sucesso

A Douro Azul é um marco de sucesso a nível nacional, iniciada em 1993.  A primeira embarcação da empresa foi o VistaDouro, com capacidade para 130 passageiros, que oferecia cruzeiros no Rio Douro e a “exploração do Património envolvente”.  

Três anos mais tarde, em 1996, e face ao sucesso do empreendimento, Mário Ferreira decide alargar a oferta e adquire a DouroAzul – Sociedade Marítimo Turística, S.A., com o objetivo de “corresponder às expectativas dos seus clientes” e passando assim a dispor de “uma nova embarcação, o Princesa do Douro com capacidade para 170 passageiros”. E ainda no mesmo ano, o empresário adquiriu também o primeiro Navio-Hotel, o AltoDouro, com capacidade para 48 pessoas (24 cabines duplas) e que viaja até território espanhol, dando assim início aos cruzeiros de uma semana.

Entre a oferta atual da empresa, está a possibilidade de viajar num dos navios-cruzeiros, repletos de confortos e comodidades (como SPA, ginásio, acesso à internet, etc.), que permitem, durante uma semana, desfrutar das maravilhas da região do Douro, Património Mundial da UNESCO.



Do Douro para o Tejo

A atuação da Douro Azul centra-se essencialmente no Douro, mas não se limita a águas que correm a norte. Em 2014, a empresa chegou também ao Rio Tejo, com a embarcação Trafaria Praia, que é operado pela Douro Azul.



Um negócio em expansão

Mas as ambições da Douro Azul não se limitam aos cruzeiros. Nos últimos anos, a empresa de Mário Ferreira tem também vindo a apostar na indústria hoteleira em terra firme. Em Março deste ano, Mário Ferreira anunciava a intenção de construir um hotel na escarpa da Serra do Pilar, que teria inclusivamente táxis aquáticos ao estilo de Veneza.

Agora o empresário revela que quer construir um hotel em Mesão Frio e, em 2017, estão já previstos dois novos navios-hotel.

Veja também: