AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Emigração jovem pode aumentar nos próximos anos

A emigração jovem pode vir a aumentar nos próximos anos. Tudo pela procura de melhores condições de trabalho no estrangeiro.

Emigração jovem pode aumentar nos próximos anos
Quase 80% admitem deixar o país.

O salário é importante mas é as perspetiva de melhoria a nível profissional que mais pesa na hora de deixar o país à procura de emprego. Num inquérito realizado em julho pela rede Universia (que junta quase 1500 instituições de ensino superior em 23 países ibero-americanos) e a comunidade de emprego Trabalhando.com, mais de 80% dos jovens admitem a possibilidade de deixar o país à procura de melhores condições de trabalho. Conclusão? A emigração jovem pode vir a aumentar nos próximos anos.

O inquérito realizado abordou as motivações, as preferências e as escolhas da geração “millenials” perante o mercado de trabalho. Nos 10 países participantes, foram recolhidas as respostas de seis mil indivíduos, onde 389 eram portugueses.

A possibilidade de encontrar melhorias a nível profissional é o que mais pesa na opinião dos jovens portugueses. Cerca de 78% responderam estar dispostos a deixar Portugal à procura de melhores condições de trabalho, valor que se aproxima da média internacional de 76%.

A compensação económica é outro dos fatores que potencia a emigração jovem, contudo, em Portugal, apenas 17% admitiram focar-se nesse fator – a média global é de 24%.

As perspetivas de desenvolvimento profissional são o fator primordial para cerca de 45% dos jovens portugueses inquiridos. Já a localização geográfica, o tipo de contrato e até mesmo a flexibilidade de horários são indicados por menos de 10% dos jovens.

Questionados acerca das empresas portuguesas – se estas “cobrem estas necessidades” – 60% dos “millenials” disseram que não.


Veja também: