Agrupamento de Escolas da Maia abriu concurso para assistentes

O Agrupamento de Escolas da Maia tem procedimento concursal aberto e pretende recrutar 13 assistentes operacionais a termo resolutivo certo.

Agrupamento de Escolas da Maia abriu concurso para assistentes
Candidaturas até 18 de setembro

O Agrupamento de Escolas da Maia abriu procedimento concursal comum de recrutamento para ocupação de 13 postos de trabalho na categoria de assistente operacional, em regime de contrato de trabalho em funções públicas a termo resolutivo certo, para o ano escolar 2017-2018.

O prazo para candidaturas termina a 18 de setembro.

Uma das vagas é para auxiliar de ação educativa e as tarefas inerentes à função incluem o atender e encaminhar os utilizadores das escolas e controlar as entradas e saídas da escola; prestar informações, utilizar equipamentos de comunicação, incluindo estabelecer ligações telefónicas, receber e transmitir mensagens; providenciar a limpeza, arrumação, conservação e boa utilização das instalações, bem como do material e equipamento didático e informático necessário ao desenvolvimento do processo educativo; exercer atividades de apoio aos serviços de ação social escolar, laboratórios, refeitório, bar e bibliotecas escolares, de modo a permitir o seu normal funcionamento; reproduzir documentos com utilização de equipamento próprio, assegurando a sua manutenção e gestão de stocks necessários ao seu funcionamento; participar com os docentes no acompanhamento das crianças e jovens com vista a assegurar um bom ambiente educativo; cooperar nas atividades que visem a segurança de crianças e jovens na escola; prestar apoio e assistência em situações de primeiros socorros e, em caso de necessidade, acompanhar a criança ou o aluno à unidade de prestação de cuidados de saúde e efetuar, no interior e exterior, tarefas de apoio de modo a permitir o normal funcionamento dos serviços.

As restantes 12 vagas são para recrutar assistentes operacionais para assegurar os serviços de limpeza, arrumação, conservação e boa utilização das instalações. O regime de contrato de trabalho em funções públicas é a termo resolutivo certo, até ao dia 22 de junho de 2018, e a tempo parcial, com a duração de 3 horas e 30 minutos diárias.

O nível habilitacional exigido aos candidatos para os 13 postos de trabalho é a escolaridade obrigatória ou curso que lhe seja equiparado, ou experiência profissional comprovada.

São fatores preferenciais a comprovada experiência profissional no exercício efetivo de funções descritas e conhecimento da realidade social, escolar e educativa do contexto onde desempenhará as funções.

Formalização das candidaturas

As candidaturas devem ser apresentadas, obrigatoriamente, mediante preenchimento de formulário próprio, aprovado por Despacho n.º 11321/2009, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 89, de 8 de maio, disponibilizado na página da Direção Geral da Administração e Emprego Público, podendo também ser obtido na página eletrónica da escola ou nos serviços administrativos do Agrupamento de Escolas da Maia, e entregues pessoalmente ou remetidas por correio para Agrupamento de Escolas da Maia, Avenida Luís de Camões – Vermoim – 4470-194 Maia, em carta registada com aviso de receção, dirigidas ao diretor do Agrupamento de Escolas da Maia.

Os formulários da candidatura devem ser acompanhados dos seguintes documentos:

  • Certificado de habilitações literárias exigidas (fotocópia);
  • Curriculum Vitae datado e assinado;
  • Certificados comprovativos de formação profissional (fotocópia);
  • Declarações de experiência profissional emitidas pelas entidades empregadoras com menção da respetiva duração, relevantes para o exercício das funções do lugar a concurso.

Se pretende saber mais sobre os procedimentos concursais do Agrupamento de Escolas da Maia, consulte os avisos publicados em Diário da República aqui e aqui, respetivamente.

Veja também:

Continuar a Ler