Amazon cria 5.000 empregos a partir de casa

A Amazon vai continuar a apostar no trabalho em part-time e a partir de casa. A empresa anunciou que vai criar 5.000 postos de trabalho nestes moldes.

Amazon cria 5.000 empregos a partir de casa
Vagas são para atendimento ao cliente

Há cinco anos, a Amazon criou o Virtual Customer Service, um programa que permite aos funcionários a flexibilidade de fazerem atendimento ao cliente a partir de casa.

O sucesso do programa levou a gigante do comércio eletrónico a anunciar que vai criar mais 5.000 postos de trabalho nestes moldes, no próximo ano, em part-time.

A Amazon diz que estes trabalhadores vão ter acesso a salários competitivos e os que trabalharem mais de 20 horas por semana terão ainda acesso a benefícios, incluindo o programa “Career Choice” da empresa.

Estes 5.000 empregos a partir de casa fazem parte do plano da Amazon para contratar mais 30.000 pessoas em part-time no próximo ano.

Segundo o comunicado da empresa de comércio eletrónico, os objetivos passam por empregar também mais 100.000 pessoas a tempo inteiro.

É certo que grande parte destes postos de trabalho será criada nos Estados Unidos da América. Mas a Amazon também recruta em vários países europeus, como Espanha, França, Alemanha ou Reino Unido. Neste momento ainda não há vagas para Portugal, mas pode ir espreitando o site de recrutamento da empresa.

Veja também: