INE recruta entrevistadores para a Guarda e Covilhã

O INE anda à procura de entrevistadores para recolher informações no âmbito do Índice de Preços no Consumidor e do Inquérito ao Emprego.

INE recruta entrevistadores para a Guarda e Covilhã
Candidaturas estão a decorrer até 24 de fevereiro

Anda à procura de um part-time? Está desempregado e precisa de ter um rendimento extra? O Instituto Nacional de Estatística (INE) está a precisar de mais entrevistadores para recolher informação, para já no âmbito do Índice de Preços no Consumidor (IPC) e do Inquérito ao Emprego (IE), sendo que a colaboração pode depois ser alargada a outros inquéritos.

Desta vez, o INE procura pessoas para trabalhar na zona da Covilhã e Guarda.

Para se candidatar precisa de ter pelo menos o 12.º ano e ter disponibilidade de quatro a cinco horas diárias, incluindo ao sábado. Por outro lado, tem que revelar capacidade para estabelecer contactos interpessoais, ser cordial, agradável, metódico e rigoroso e será mais-valia se possuir transporte próprio. Também deve residir no município onde vão ser exercidas as funções às quais se candidata.

Segundo o INE, os entrevistadores serão em regime de prestação de serviços (“recibo verde”). Por isso, precisam de estar coletados nas Finanças como trabalhadores independentes; fazer prova de não possuir dívidas às Finanças e à Segurança Social; não ser aposentados da Caixa Geral de Aposentações ou do Regime Geral da Segurança Social.

Os candidatos interessados deverão enviar a respetiva candidatura, acompanhada de CV, com a referência “IPC Guarda” ou “IPC Covilhã”, no assunto do email, para Entrevistadores@ine.pt até 24 de fevereiro. O INE vai chamar para provas de seleção os candidatos que achar que se enquadram melhor no perfil pretendido.

Veja também: