INEM está a recrutar técnicos superiores

O INEM está a recrutar 10 Técnicos Superiores para, em regime de mobilidade, exercer funções no Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise.

INEM está a recrutar técnicos superiores
Oportunidades em regime de mobilidade

O INEM, Instituto Nacional de Emergência Médica, está a recrutar 10 Técnicos Superiores com relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado previamente constituída, para, em regime de mobilidade, exercer funções no Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise (CAPIC) das Delegações Regionais do Sul, Centro e Norte do mesmo Instituto.

As candidaturas estão abertas até ao dia 24 de maio. Os requisitos de admissão, perfil e procedimentos de candidatura são os seguintes.

INEM: requisitos de admissão

  • Ser titular de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado previamente constituída;
  • Ser detentor/a de licenciatura em Psicologia (ramo de Psicologia Clínica);
  • Ser detentor de inscrição válida na Ordem dos Psicólogos.

INEM: perfil pretendido

  • Aptidão para trabalhar em equipa e capacidade de comunicação verbal;
  • Assertividade;
  • Conhecimentos informáticos na ótica do utilizador;
  • Responsabilidade, organização e compromisso com o serviço.
  • Orientação para resultados.

INEM: local de trabalho

  • Delegação Regional do Sul (Ref.ª 1-A) – Lisboa, sita na Rua Almirante Barroso, 36, Lisboa – 2 (dois) Técnicos Superiores;
  • Delegação Regional do Sul (Ref.ª 1-b) – Faro, sita no Sítio do Guilhim, Edifício A1 – Caixa Postal 30M – Estói, Faro – 3 (três) Técnicos Superiores;
  • Delegação Regional do Centro (Ref.ª 2), sita na Estrada de Eiras, 259, Coimbra – 3 (três) Técnicos Superiores;
  • Delegação Regional do Norte (Ref.ª 3), sita na Rua Dr. Alfredo Magalhães, 62, Porto – 2 (dois) Técnicos Superiores.

Como concorrer?

A candidatura deve ser formalizada através de requerimento dirigido ao Presidente do Conselho Diretivo do INEM, com a menção expressa do posto de trabalho e referência a que se candidata, bem como do vínculo, da carreira/categoria que detém, da posição e nível remuneratório e da correspondente remuneração mensal, contacto telefónico e e-mail.

A candidatura deve ser acompanhada dos seguintes documentos:

  • Curriculum vitae detalhado e atualizado;
  • Fotocópia simples do certificado de habilitações literárias;
  • Declaração emitida pelo serviço de origem da qual conste a identificação da relação jurídica de emprego público previamente estabelecida, carreira/categoria de que o candidato é titular, a descrição das funções exercidas, a posição e nível remuneratório e o correspondente pecuniário.

A candidatura deve ser obrigatoriamente identificada com a menção “Recrutamento por Mobilidade” – com indicação expressa do número do aviso do Diário da República e referência pretendida.

Os interessados deve submeter a candidatura online para este endereço de email.

A equipa do E-Konomista deseja-lhe boa sorte!

Veja também: