Publicidade:

IEFP atribui Marca Entidade Empregadora Inclusiva 2017

Marca Entidade Empregadora Inclusiva é uma iniciativa do IEFP que reconhece entidades com boas práticas na área do emprego inclusivo.

IEFP atribui Marca Entidade Empregadora Inclusiva 2017
Iniciativa visa reconhecer boas práticas

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) reconheceu, pela primeira vez, um conjunto de entidades com a Marca Entidade Empregadora Inclusiva.

Esta iniciativa visa reconhecer as boas práticas relativamente à empregabilidade das pessoas com deficiência e incapacidade. El Corte Inglés, Teatro Nacional D. Maria II e Universidade de Aveiro estão entre os onze distinguidos.

O IEFP atribuiu, pela primeira vez, a Marca Entidade Empregadora Inclusiva a 11 empresas e instituições. Os resultados foram divulgados a 20 novembro, numa cerimónia que decorreu em Lisboa, no Teatro Thalia, e contou com a presença da Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes.

Para Ana Sofia Antunes, “estas 11 entidades deram provas claras do que fazem em prol das pessoas com deficiência”. Lembrando que hoje “as taxas de desemprego são ainda muito mais elevadas entre as pessoas com deficiência”, a Secretária de Estado apelou à sensibilização das empresas para alterar este estado de coisas, deixando claro que a marca agora lançada é, desde já, “uma aposta ganha”.

Nesta primeira edição, candidataram-se 99 empresas e instituições públicas e privadas de todo o país que foram avaliadas num processo com várias fases.

A iniciativa do IEFP, Marca Entidade Empregadora Inclusiva, foi realizada em parceria com a Associação Portuguesa de Ética Empresarial, a Associação Portuguesa de Gestão das Pessoas e o Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável.

O prémio Marca Entidade Empregadora Inclusiva irá ser bianual e o IEFP refere que as entidades agora reconhecidas podem usar esta marca durante os próximos dois anos.

O objetivo é reconhecer e distinguir práticas de gestão abertas e inclusivas, desenvolvidas pelas entidades empregadoras relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade.

Para isso, foram estabelecidos quatro domínios fundamentais – recrutamento, desenvolvimento e progressão profissional, manutenção e retoma do emprego, acessibilidades e serviço e relação com a comunidade.

Empresas e instituições “Marca Entidade Empregadora Inclusiva” 2017

  • El Corte Inglés;
  • Universidade de Aveiro;
  • Teatro Nacional de D. Maria II;
  • Município de Portel;
  • Município de Ílhavo;
  • Fundação ADFP;
  • Cooperativa de Apoio à Integração de Deficiente;
  • Santa Casa da Misericórdia de Almada;
  • Santa Casa da Misericórdia do Porto;
  • Horizonte, Cooperativa de Solidariedade Social e de Ensino;
  • Movimento de Apoio de Pais e Amigos ao Diminuído Intelectual.

 

Veja também: