Estudo: analgésicos aumentam o risco de ataque cardíaco

Há um novo estudo que afirma que os analgésicos podem aumentar o risco de ataque cardíaco.

Estudo: analgésicos aumentam o risco de ataque cardíaco
Estudo alerta para os riscos do abuso de analgésicos

Um estudo publicado no British Medical Journal revela que os analgésicos aumentam o risco de ataque cardíaco. As conclusões são de um grupo de cientistas que estudou a forma como a toma recorrente destes medicamentos pode resultar em problemas para o coração.

Analgésicos aumentam o risco de ataque cardíaco

Todas as dores que sentimos no nosso corpo são transmitidas através do sistema nervoso. Para combater e diminuir essas mesmas dores, não há nada melhor do que um analgésico. O problema é quando os próprios analgésicos se tornam inimigos de quem os utiliza.

Uma equipa internacional de cientistas analisou dados de cerca de 450 mil pacientes para perceber quando é que o risco de ataque cardíaco aumenta. Uma das conclusões do estudo publicado no British Medical Journal é que os analgésicos aumentam o risco de ataque cardíaco, após vários dias seguidos de medicação.

Apesar da conclusão retirada, os cientistas também afirmam que existem vários fatores que não permitem ter 100% de certeza da relação entre os analgésicos e o risco de ataque cardíaco, dando o exemplo de que o aumento do risco de ataque cardíaco pode derivar da razão de queixa do paciente e não do analgésico tomado para atenuar essa dor.

Veja também:

Nuno Margarido Nuno Margarido

Jornalista formado pela Universidade de Coimbra, assume-se uma pessoa curiosa e até a mais simples engrenagem ou linha de código o fascina. Os seus interesses dividem-se por vários mundos, com destaque para a tecnologia, o gaming, o vídeo, a fotografia e o cinema.