Exposição sobre a crise da dívida inaugurada hoje na Culturgest

Exposição sobre a crise da dívida inaugurada hoje na Culturgest
Alice Creischer expõe na Culturgest

Uma exposição com novas obras da artista alemã Alice Creischer, nas quais aborda a chamada crise da dívida soberana em vários países europeus, incluindo Portugal, é hoje inaugurada na Culturgest, em Lisboa, mantendo-se neste espaço até 30 de abril. 

De acordo com um texto do curador Miguel Wandschneider, "o núcleo duro desta exposição é um conjunto de novos trabalhos, produzidos desde 2014, que problematizam a chamada crise da dívida soberana em vários países europeus, nomeadamente em Portugal, e as políticas de austeridade que lhes estão associadas".

Alice Creischer, nascida em Gerolstein, na Alemanha, em 1960, tem desenvolvido, ao longo dos anos, "uma incisiva intervenção crítica que se corporiza quer em textos acerca da arte [quer sobre] instituição da arte na era do capitalismo avançado", descreve o curador.

A par do seu trabalho artístico, também tem feito curadoria de exposições coletivas em torno do capitalismo e do colonialismo, que envolvem um intenso processo de investigação, nomeadamente "Violence is at the Margin of All Things" (2002), "ExArgentina" (2004) e "The Potosi Principle"(2010).

Veja também: