Facebook lança-se no mundo da realidade virtual

Uma aplicação completamente dedicada à realidade virtual e câmaras capazes de ver o mundo a 360º. É esta a aposta do Facebook.

Facebook lança-se no mundo da realidade virtual
Uma aposta ousada da gigante tecnológica

Três anos depois de comprar a empresa de realidade virtual Oculus – conhecida mundialmente pela criação dos famosos Oculus Rift – o Facebook lança-se no mundo da realidade virtual com uma aplicação que promete dar que falar: a Facebook Spaces.

Facebook Spaces: app de realidade virtual e rede social

Chama-se Facebook Spaces e tem tanto de aplicação como de rede social. Na verdade, a Facebook Spaces não é mais do que uma app de realidade virtual que teletransporta os utilizadores da rede social para um universo digital onde as regras físicas não se impõem.

Dentro da aplicação, os utilizadores são representados por um avatar (criado com base na fotografia de perfil), podem criar todo o tipo de objetos 3D e conversar em qualquer local à escolha.

“É impossível estarmos sempre fisicamente perto das pessoas de quem gostamos. É aí que entra a magia da realidade virtual”, explicou Rachel Franklin, diretora social dos produtos de realidade virtual do Facebook.

A ideia está longe de ser revolucionária. Recorda-se, por exemplo, do Second Life? Avatares que nos transportam para uma segunda vida no mundo digital já é um conceito bastante conhecido. A proposta do Facebook é, porém, diferente. Para entrar na Facebook Spaces é necessário ter o conjunto de óculos e comandos de realidade virtual da Oculus.

Esta não foi a única novidade apresentada pelo Facebook. A empresa deu ainda a conhecer as novas câmaras Surround 360, destinadas a um segmento profissional, que oferecem uma maior liberdade ao utilizador.

Veja também:

Continuar a Ler
Nuno Margarido Nuno Margarido

Jornalista formado pela Universidade de Coimbra, assume-se uma pessoa curiosa e até a mais simples engrenagem ou linha de código o fascina. Os seus interesses dividem-se por vários mundos, com destaque para a tecnologia, o gaming, o vídeo, a fotografia e o cinema.