Filmes portugueses em destaque no Festival de Cinema de Animação de Bruxelas

Os filmes portugueses vão estar em destaque na edição deste ano do Anima, que decorre entre 24 de fevereiro e 5 de março na capital belga.

Filmes portugueses em destaque no Festival de Cinema de Animação de Bruxelas
Presenças portuguesas no Anima

Além das secções de competição, o Festival de Cinema de Animação de Bruxelas “coloca um enfoque na animação italiana e na animação portuguesa”, lê­-se no 'site' do festival. A esse propósito serão exibidos, entre outros, “Mi vida en tus manos”, de Nuno Beato, “Os Olhos do farol”, de Pedro Serrazina, “Fado do homem crescido”, de Pedro Brito, e “Cândido”, de Zepe.

Em competição estará “Estilhaços”, de José Miguel Ribeiro. O filme, que aborda a guerra colonial e os efeitos do 'stress' pós­-traumático em contexto familiar, foi o único português selecionado para a competição internacional do festival belga.

"Estilhaços" combina imagem real, desenho animado e 'stop­motion', uma mistura justificada pela narrativa, centrada na relação entre um pai e um filho. Entre ficção e documentário, o filme cruza duas perspetivas sobre a guerra: a do pai, que a viveu, e a do filho, que cresceu a construir uma memória da guerra a partir dos relatos do progenitor.

Já exibido em Locarno e premiado em Portugal ­no Cinanima e nos Caminhos do Cinema Português­, o filme está também selecionado para a competição do Festival de Clermont­ Ferrand, um dos mais importantes festivais dedicados à curta­metragem, que começa a 3 de fevereiro.

Veja também: