AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Governo incentiva emprego para os jovens

O desemprego nos jovens é uma das fortes preocupações do Governo que tem vindo a lançar novas medidas para incentivar o emprego nesta faixa etária. Conheça as novas iniciativas.

Governo incentiva emprego para os jovens
Novas regras para emprego jovem foram divulgadas esta semana
  • Governo quer diminuir desemprego nos jovens

Um dos grandes problemas com o qual o Executivo de Passos Coelho se tem vindo a bater é precisamente a alta taxa de desemprego nos jovens portugueses. Existem muitos jovens que se encontram desempregados e que acabam por sair do país, mas tem sido noticiado frequentemente que o Governo tem investido em medidas de apoio à inserção dos jovens no mundo laboral.

Na semana passada foram publicadas em Diário da República novas medidas de apoio à inserção dos jovens no mercado de trabalho, medidas essas que entraram em vigor em Setembro e Outubro.


Programa Investe Jovem e Emprego Jovem Activo

Emprego Jovem Activo” é a primeira medida anunciada que consiste no” desenvolvimento de uma experiência prática em contexto de trabalho por jovens em situação de desfavorecimento face ao mercado de trabalho, conjuntamente com jovens mais qualificados”. O “Emprego Jovem Activo” entra em vigor já em Setembro e destina-se a jovens entre os 18 e os 19 anos que estejam inscritos no IEFP – Instituto de Emprego e  Formação Profissional e que não tenham escolaridade obrigatória ou sejam detentores de uma qualificação de nível seis.

Esta medida prevê uma bolsa mensal que é variável consoante o nível de qualificação do jovem, mas que não ultrapassará as ”1,3 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais [419,22 euros]), refeição ou subsídio de alimentação e seguro de acidentes pessoais, inteiramente comparticipados pelo IEFP”.

Outra das apostas do Governo é o “Programa Investe Jovem” que irá ajudar a promover a criação de novas empresas por jovens desempregados que tenham entre 18 e 30 anos. Este tipo de apoio pode cedido nos moldes de empréstimo sem juros, sendo o mesmo possível de amortizar no prazo máximo de 54 meses.


Veja também: