Há 200 milhões para investimento em inovação

O primeiro-ministro português, António Costa, anunciou que há 200 milhões disponíveis para investimento em inovação.

Há 200 milhões para investimento em inovação
Em financiamento estatal.

"O Estado põe 200 milhões de euros mas quem decide a sua aplicação são os investidores internacionais ou nacionais que escolhem as melhores empresas, os melhores projetos, a quem é necessário assegurar 'venture capital' [capital de risco] para poderem arrancar e desenvolver a sua atividade", anunciou o primeiro-ministro António Costa, na sessão de abertura da Venture Summit, evento realizado no âmbito da Web Summit.

O chefe do executivo explicou que a disponibilização de 200 milhões para investimento em inovação surge porque "muitas empresas em Portugal, sobretudo nos setores mais inovadores e mais disruptivos, da robótica à biotecnologia, têm encontrado dificuldades em encontrar financiadores que estejam capacitados e aptos a perceber os novos desafios e as novas oportunidades dos novos negócios".

"Esse é o novo instrumento que criámos, porque julgamos que se pusermos o dinheiro acessível às pessoas certas para realizar os projetos certos, nós teremos condições para fazer os melhores investimentos", reforçou.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que teve início esta segunda-feira, dia 8, e irá decorrer até quinta-feira. Durante o evento são aguardados mais de 50.000 participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20.000 empresas, 7.000 presidentes executivos e 700 investidores.


Veja também: