Há boas notícias sobre as rendas das casas

Ainda não é certo, mas prevê-se que no próximo ano o aumento das rendas fique praticamente congelado.

Há boas notícias sobre as rendas das casas
Rendas vão estar praticamente congeladas no próximo ano
  • Saiba quanto vai pagar a mais de renda em 2017.

Apesar de ainda faltar um mês para chegarmos à data de referência, já é possível prever o aumento das rendas para o próximo ano. Segundo o INE – Instituto Nacional de Estatística, a inflação média apurada referente ao mês de julho “faz antever uma atualização das rendas de casa na ordem dos 0,5%”. Esta atualização fica ligeiramente acima do que se registou este ano, mas ainda assim são boas notícias para quem paga renda de casa porque indica que as rendas ficarão praticamente inalteradas.

Os valores mais precisos só poderão ser fechados em setembro, depois de apurar “a variação do índice de preços dos últimos doze meses sem habitação relativa ao mês de agosto”. 

Na prática, é fácil prever o cálculo comparativo deste ano para o próximo. Se tiver uma renda no valor de 500 euros e se aplicarmos o aumento de 0,16% (registado este ano), significa que ficaria a pagar mais 0,80 cêntimos. Se a inflação de 2017 se situar realmente nos 0,5%, o aumento numa renda de 500 euros seria de 2,5 euros.

Analisando os dados em geral, “a variação homóloga e média do índice de preços, apurado pelo INE, situou-se, em ambos os casos, nos 0,6%”. 

Já os "produtos alimentares não transformados registaram uma variação homóloga de 3,3% em julho (2,3% em junho). A um nível mais desagregado, destacam-se os aumentos homólogos do vestuário e calçado (1,3%) e dos alimentos e bebidas não alcoólicas (1,6%)”, conclui o relatório.


Veja também: