Hotéis nacionais com os melhores resultados em 12 anos

Segundo os dados divulgado pela Associação Hoteleira de Portugal, a taxa de ocupação dos hotéis nacionais regista os melhores valores dos últimos 12 anos.

Hotéis nacionais com os melhores resultados em 12 anos
Não havia indicadores tão bons desde 2004

No primeiro semestre deste ano, segundo indicam os dados divulgados pela Associação da Hotelaria de Portugal, a taxa de ocupação dos hotéis nacionais registou um aumento de 3,4% face ao período homólogo, chegando a atingir uma taxa de ocupação de 63,2%.

Na mesma linha encontram-se os resultados para os preços praticados: face a 2015 os preços praticados este ano foram em média 6,3% superiores, chegando aos 72,3%. Os valores apresentados neste primeiro semestre igualam os verificados em 2004, altura em que a AHP Tourism Monitor iniciou o registo destes dados.


Hotéis portugueses: taxa de ocupação de 63,2% no primeiro semestre do ano

Os dados recolhidos pela AHP Tourism Monitor referem-se a várias áreas da atividade hoteleira: taxas de ocupação, preços praticados, motivos da estadia, entre outros. Os dados são depois apresentados como informações estatísticas e económicas acerca dos estabelecimentos hoteleiros e dos destinos turísticos.

Nos primeiros 6 meses do ano, o preço médio por quarto foi de 45,69€, o que representa uma subida de 12,2€ face ao ano anterior. O valor gasto por cada turista no hotel chegou aos 107€, o que significa também uma subida de 7%.

As dormidas nos hotéis nacionais foram lideradas pelos turistas estrangeiros, uma vez que a taxa de ocupação por portugueses ficou nos 25%. Os Alemães representaram 17% das dormidas, os Britânicos 15%, os Franceses 7% e os Espanhóis 5%.

A maior parte das pessoas que ficaram nos hotéis portugueses de janeiro a junho deste ano vieram em lazer, recreio ou férias (76%), apenas 15% vieram em negócios e 9% afirmaram ter outras motivações.

Em média, cada um dos turistas ficou 1,88 dias, o que representa um valor muito semelhante ao registando no ano anterior.

Os melhores valores em termos de taxa de ocupação foram apresentados pelos Açores, principalmente quando comparados aos resultados do período homólogo, mas o Grande Porto e o Algarve conseguiram melhores resultados em termos de preços.

Veja também: