Hotéis que recusam crianças postos em tribunal

Já imaginou o que seria os hotéis recusarem uma reserva por levar crianças? Sim, já aconteceu mais vezes do que se imagina.

Hotéis que recusam crianças postos em tribunal
Há pelo menos nove hotéis a recusarem crianças

Pode parecer impossível, mas a verdade é que existem empreendimentos turísticos em Portugal que “tinham proibição de livre acesso de crianças”. Em pleno século XXI, ainda há instituições que apostam neste tipo de descriminação, embora a mesma seja ilícita. 

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), assim que tomou conhecimento da situação, instaurou de imediato um processo de contraordenação a unidades hoteleiras no Algarve que proibiam crianças, nomeadamente no Alvor e em Albufeira.

Ao todo, são nove as unidades hoteleiras que estão neste momento com processos ativos em tribunal pelo fato de discriminarem as crianças.

Num comunicado avançado pela ASAE, sabe-se que a entidade foi mais longe e chegou mesmo a suspender “um empreendimento turístico composto por 18 apartamentos turísticos e uma unidade de alojamento local, por não se encontrarem reunidos os requisitos gerais de segurança verificando-se a utilização de água proveniente de uma captação que não se encontrava sujeita a processos de tratamento de água".

Esta atitude da ASAE é essencialmente justificada pelo fato de estarem postas em causa as condições de segurança básicas dos utilizadores, bem como a saúde pública.


Veja também: