Impacto do turismo no PIB nacional pode chegar aos 16%

Insegurança internacional tem beneficiado Portugal. Impacto do turismo no PIB português pode chegar aos 16%.

Impacto do turismo no PIB nacional pode chegar aos 16%
Setor tem registado um crescimento notável

O turismo em Portugal tem beneficiado dos receios e inseguranças que afastam os visitantes de outras áreas geográficas. Os ataques terroristas têm redirecionado o fluxo turístico internacional para terras portuguesas e o crescimento, até meados de agosto, fixava-se nos 14%. Já o impacto do turismo no PIB nacional pode chegar aos 16%.

A conclusão surge num relatório da Capital Economics datado de 15 de agosto que se baseia nos dados do Eurostat para o setor do turismo e onde é referido que os maiores beneficiados deste refluxo turístico têm sido Portugal e Espanha. Em sentido contrário surge a França, devido ao terrorismo, e a Grécia, devido à crise dos refugiados.

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) estima que os gastos dos turistas têm um impacto direto de 6% no PIB de Portugal e Espanha sendo que se pode ainda concluir que o impacto total pode alcançar os 16% do PIB destes dois países, aumentando o efeito provocado pelo crescimento do número de visitantes.

O crescimento do turismo em Portugal têm-se revelado essencial para impulsionar o mercado de trabalho nacional. No mesmo relatório, a Capital Economics refere que, em Portugal, os serviços de acomodação e restauração registaram um crescimento de 2,4% comparado com o crescimento total do emprego de 0,9%.

Veja também: