Quer receber a melhor informação sobre impostos ?

Inscreva-se já e receba todas as dicas e notícias atualizadas ao minuto.

Ao clicar concordo receber comunicações de marketing directo enviadas por e-konomista.pt e pelos nossos Parceiros

Enviar

Impostos poderão passar a ser pagos por débito directo

O Fisco vai criar um sistema que permita o pagamento de impostos via débito directo. Uma medida que pode trazer vantagens para os cosumidores mais distraídos.

Impostos poderão passar a ser pagos por débito directo
Despacho com esta medida já foi publicado em Diário da República

Se já é comum pagar as suas contas por débito directo, saiba agora que vai poder fazer o mesmo com os impostos. Segundo o despacho publicado em Diário da República, a administração fiscal vai criar um novo sistema de pagamentos electrónicos “de forma a que os contribuintes possam regularizar os seus impostos por débito directo”.

Este projecto, que estará a cargo da nova Unidade de Gestão da Relação com os Contribuintes, tem como por objectivo “trazer para a esfera fiscal o sistema que muitas empresas e particulares usam atualmente para pagar muitas outras contas domésticas”.

Uma das principais vantagens dos impostos serem pagos via débito directo, é o facto dos contribuintes não correrem o risco de serem multados por se atrasarem a cumprir o pagamentos nos prazos estipulados.

Segundo o despacho publicado, “o débito directo em conta não poderá ser aplicado a todas as situações, mas ainda não são conhecidas as respectivas excepções”.

Para além desta medida, a Unidade de Gestão da Relação com os Contribuintes pretende ainda “sensibilizar e interpelar os contribuintes para cumprirem as suas obrigações fiscais, desenvolver a cidadania fiscal, propor medidas facilitadoras do atendimento e assegurar a gestão do sistema de notificações electrónicas ou fazer gestão do concurso fatura da sorte".


Veja também: