Impressões digitais para voar? Em breve será possível

Já se iniciaram testes com a nova tecnologia que permitirá que os agentes do aeroporto possam identificar os viajantes pelas suas impressões digitais: o futuro está aí.

Impressões digitais para voar? Em breve será possível
Novas tecnologia poderão revolucionar embarques no aeroporto

Usar impressões digitais para embarcar na próxima viagem de avião poderá ser uma realidade em  breve. Os testes já começaram nos aeroportos Hartsfield-Jackson Atlanta e Denver Internacional.

Impressões digitais poderão substituir cartões de embarque

Naqueles aeroportos americanos, alguns viajantes já podem ser utilizadores de umas máquinas que lhes permite usar as impressões digitais tanto para substituir o cartão de embarque como para se identificarem.

A máquina – chamada Tecnologia de Autenticação Biométrica (TAB) – faz um scan às impressões digitais dos passageiros e encontra correspondência com os ficheiros de identidade já existentes no sistema, permitindo que possam avançar livremente para a porta de embarque.

Para já, esta tecnologia está a funcionar em regime de voluntariado para passageiros que queiram participar no programa, e têm ainda que apresentar uma outra forma de identificação. Contudo, espera-se que no futuro esta tecnologia possa mesmo substituir os cartões de embarque.

A TSA, a agência para a segurança dos transportes americana, vê as tecnologias como forma de melhorar a segurança dos passageiros e das suas bagagens. Os seus agentes afirmam mesmo que estes testes e demonstrações podem reinventar a eficácia da segurança aeroportuária, fazendo frente aos problemas do nosso quotidiano.

O programa que se encontra em testes piloto nestes dois aeroportos poderá estender-se a outros aeroporto em breve.

Veja também: