O Instagram está a deprimi-lo

Sim, o Instagram está a deprimi-lo. Há um novo estudo que afirma que as redes sociais aumentam o risco de doenças mentais.

O Instagram está a deprimi-lo
E não é só por causa do algoritmo

O Instagram está a deprimi-lo. É um facto! Há um novo estudo que comprova que as redes sociais podem ter efeitos negativos na nossa saúde. Foi conduzido pela Royal Society for Public Health (RSPH) do Reino Unido e ajuda a dar força a outros estudos que já defendiam o mesmo.

Atenção: o Instagram está a deprimi-lo… e não é pouco

fotografia

Todos sabemos que aquilo que é partilhado nas redes sociais tende a não corresponder à verdade. As conclusões da RSPH vão ainda mais longe e permitem afirmar que o Instagram está a deprimi-lo. A si e a todos os que utilizam a app.

O estudo debruçou-se sobre mais de 1.500 jovens, com idades compreendidas entre os 14 e os 24 anos, e pretendia perceber como é que as redes sociais poderiam provocar problemas de saúde como a ansiedade ou a depressão.

As conclusões retiradas permitem perceber que o YouTube possui um impacto positivo, ao contrário de todas as outras redes sociais. A pior? O Instagram, que possui uma base de dados com mais de 700 milhões de utilizadores.

Cerca de 70% dos inquiridos afirmou ainda que se registou nas redes sociais apenas pelo sentimento de pertença, para se expressar a nível social e na busca de suporte emocional. Conclusões que não podem ser ignoradas.

Veja também: