Já ouviu falar no PIN invertido?

São recorrentes os e-mails que circulam sobre a técnica do PIN invertido. O e-mail indica que se for forçado por ladrões a levantar dinheiro no Multibanco, deve digitar o PIN ao contrário, pois isso gera um aviso às autoridades que está a ser assaltado. A SIBS, empresa gestora da Rede Multibanco em Portugal vem alertar que essa técnica é falsa.

Já ouviu falar no PIN invertido?
PIN invertido: mito ou realidade?

Há vários anos que circula a informação pela Internet da técnica do PIN invertido. Afinal do que se trata?

 

O que é a técnica do PIN invertido?

Supostamente, no caso de assalto e de os ladrões o obrigarem a fazer algum levantamento de dinheiro no Multibanco pode digitar o seu PIN ao contrário, o que gera um contacto para as autoridades, dando alerta que está a ser assaltado.

 

O PIN invertido funciona?

Devido aos e-mails recorrentes sobre esta temática, a SIBS, empresa gestora da rede Multibanco em Portugal, garante em comunicado que essa informação é falsa.

 

Aliás, garante que essa técnica não funciona na rede de Caixas Automáticos Multibanco, além de não ter conhecimento que esta técnica funcione em qualquer parte do mundo.

 

Cuidados na utilização do cartão Multibanco

Aproveitando o comunicado para desmentir esta informação, a SIBS relembra alguns cuidados a ter na utilização do cartão Multibanco. Alerta para o facto do cartão ser pessoal e intransmissível, havendo a necessidade da memorização do PIN.

 

Relembra também que nunca deve ser escolhido um código de segurança óbvio, como datas de aniversário, assim como nunca deve escrever o código num papel que ande sempre com o cartão. Se não quiser destruir o papel onde consta essa informação, pelo menos deve guardar num local de dificil acesso.

 

Veja também: