Lince Blonde: uma cerveja artesanal em formato mini

A Lince, produtora portuguesa de cerveja artesanal, lançou uma cerveja em formato mini. O objetivo? Convencer mais clientes.

Lince Blonde: uma cerveja artesanal em formato mini
Um passo de cada vez

A Lince, uma marca portuguesa, acaba de lançar uma nova cerveja – a Lince Blonde – que introduz uma grande novidade no mundo da cerveja artesanal em Portugal: vem em formato mini. Um formato incomum no que diz respeito à cerveja artesanal, que é produzida no nosso país, mas que tem uma boa justificação por trás: a massificação.

Lince Blonde é uma cerveja artesanal em formato mini

lince

Depois de vários anos a trabalharem juntos, António Carriço e Pedro Vieira descobriram que partilhavam a paixão por cerveja. Razão mais do que suficiente para criarem a sua própria marca de cerveja, depois de se reformarem. António converteu a garagem que possuía numa mini-fábrica de cerveja e Pedro juntou-se logo depois. Assim nasceu a Lince.

Recentemente, a marca decidiu lançar duas novas variedades: uma Blonde e uma American IPA. A grande novidade, porém, é que a Lince Blonde vem em formato mini, algo inusitado no mundo da cerveja artesanal em Portugal.

A vontade da dupla passa por cativar mais pessoas para o panorama cervejeiro em Portugal. Para isso, António e Pedro apostaram no formato mini e num sabor de cerveja bastante semelhante às ditas “tradicionais”. A Lince Blonde tem um custo de €3,25 (28 cl). Já a American IPA, que é mais amarga e encorpada, tem custo de €6,50.

Informação e contactos

 

Veja também: