Governo lança linha de financiamento de 220 milhões para empresas

O Ministério da Economia anunciou uma linha de crédito para empresas ligadas à tecnologia e à ciência.

Governo lança linha de financiamento de 220 milhões para empresas
Há mais confiança para investir em Portugal

O Ministério da Economia anunciou uma linha de crédito de 220 milhões para empresas ligadas, sobretudo, à indústria 4.0, farmacêuticas, eficiência energética e biotecnologia ou robótica, a disponibilizar pela Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), conhecida como Banco de Fomento.

“Estarão disponíveis 220 milhões de euros na economia, entre fundos de capital de risco e coinvestimento privado, na sequência do concurso de cofinanciamento de Fundos Capital de Risco”, informa o Governo, no comunicado divulgado. Segundo a mesma fonte, a procura total do concurso, nos vários programas operacionais, ascendeu aos 196 milhões de euros, o dobro da dotação disponível de 98 milhões de euros.

“O montante disponível a concurso aliado ao coinvestimento privado faz com que o total disponibilizado à economia a partir de hoje ascenda aos 220 milhões de euros”, esclarece o ministério da Economia.

A concurso, foram admitidas 25 entidades gestoras de Fundos de Capital de Risco, das quais uma estrangeira, dez novos operadores no mercado nacional e sete ligadas a grupos empresariais.

Os setores com maior procura

Segundo o Governo, os setores mais procurados incluem áreas como as tecnologias da informação, a Indústria 4.0, a biotecnologia, a farmacêutica, a eficiência energética, a robótica e a eletrónica, a economia circular e as indústrias criativas.

“A grande procura registada, mais uma vez, confirma que existe confiança para investir em Portugal”, adianta, informando ainda que vai “avaliar a possibilidade” de abrir um novo concurso de cofinanciamento de fundos de capital de risco.

Veja também: